Efacec premeia desempenho escolar

Empresa distinguiu 74 crianças e jovens atribuindo um total de 16750 euros em Bolsas de Mérito Escolar.

Reconhecer o desempenho nas atividades escolares, incentivar a prossecução de um percurso de mérito e reforçar a ligação das futuras gerações à empresa. Estes são os objetivos que estão na base do programa de Bolsas de Mérito Escolar que a Efacec atribui anualmente aos filhos dos seus colaboradores.

A cerimónia de entrega das Bolsas de Mérito Escolar teve lugar no dia 29 de setembro nas instalações da Efacec, no Polo da Arroteia, numa sessão que contou com a presença de cerca de 170 pessoas.

Para Sandra Pombo, Diretora Global de Marca e Comunicação da Efacec, o programa de Bolsas de Mérito Escolar espelha o compromisso da Efacec em apoiar a energia do futuro. “À semelhança de outras iniciativas da Efacec dirigidas à formação, captação e retenção de talento, o programa das Bolsas de Mérito Escolar materializa a nossa estratégia de colocar as pessoas no centro do desenvolvimento e da evolução da empresa, de renovação do ADN de talento da Efacec e de promoção da igualdade de género, em particular no que designamos de empowering women in tech.”

“Os colaboradores da empresa são embaixadores da marca Efacec, levando os valores, o conhecimento e as conquistas da empresa para fora das instalações e pelas diferentes geografias do mundo onde a empresa está presente. É nossa preocupação que, desde cedo, os filhos dos nossos colaboradores se sintam parte integrante da empresa, que conheçam a diversidade de áreas e de funções que existem dentro do grupo e que tomem consciência da capacidade de constante inovação que a empresa tem. Queremos que encarem a Efacec como um passo natural para o desenvolvimento das suas carreiras profissionais no futuro e, para isso, incentivamos a que deem o melhor de si no seu percurso escolar”, conclui Sandra Pombo.

No ano letivo de 2017/2018 a Efacec atribuiu Bolsas de Mérito Escolar aos melhores alunos de todos os anos escolares, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade, em todas as geografias onde está presente. A partir de um total de 214 candidaturas, correspondendo a filhos de 159 colaboradores da Efacec, o júri avaliou o desempenho escolar de cada aluno, selecionado aqueles que apresentaram as melhores notas em cada ano de escolaridade.

Os melhores 74 alunos (38 do sexo feminino e 36 do sexo masculino) receberam bolsas com valores que variam entre 100 euros (atribuído ao 1.º ano de escolaridade) e 750 euros (atribuído ao 12.º ano de escolaridade). No total foi atribuído um valor de 16 750 euros em bolsas.

No que concerne às melhores médias de avaliação em cada ano de escolaridade, destacam-se a média de 3,85 valores no 2.º ano de escolaridade (avaliação de 1 a 4 valores no 1.º ciclo); 4,60 valores no 5.º ano de escolaridade (avaliação de 1 a 5 valores no 2.º e 3.º ciclos) e 18,06 valores no 12.º ano (avaliação de 1 a 20 no ensino secundário).

4 Outubro 2018|Corporativo, Pessoas|