Dublin alarga rede de metro com tecnologia da Efacec

A Efacec consolidou a sua presença no setor de transporte urbano a nível europeu ao participar na extensão do metro ligeiro “LUAS”, que serve a cidade de Dublin, na República da Irlanda. O fornecimento de sistemas e serviços por parte da empresa portuguesa para esta nova linha do metro representou um investimento por parte do Cliente TII (Transport Infrastructure Ireland) no valor de 27 milhões de euros.

Desde 2008 que a Efacec fornece, de forma continuada, soluções e serviços para o metro ligeiro de Dublin centradas no funcionamento, eficácia e otimização da rede LUAS, cooperando com a TII desde a fase inicial deste projeto.

Nos últimos três anos a empresa portuguesa entregou novos sistemas de última geração necessários para operar e melhorar o sistema eletromecânico da rede de metro ligeiro, incluindo as subestações de tração, o novo sistema de sinalização AEGIS, desenvolvido internamente, e todas as infraestruturas de telecomunicações e telecontrole.

Além do metro de Dublin, na Irlanda, a Efacec esteve também envolvida na construção dos metros do Porto (Portugal), de Odense (Dinamarca) e de Bergen (Noruega). A empresa tem apostado fortemente no seu posicionamento no mercado europeu, onde tem sido selecionada pelos mais exigentes clientes. Atualmente, a Europa representa já cerca de metade do volume de negócios da Unidade de Negócio de Transportes da Efacec.

A Efacec é uma empresa portuguesa com vasta presença internacional que fabrica e desenvolve produtos para Transmissão e Distribuição de Energia (transformadores, service, aparelhagem de média e alta tensão e automação), opera em sistemas integrados (EPC – Engineering, Procurement and Contracting) para os setores de Energia, Ambiente, Indústria e Transporte Ferroviário e desenvolve ainda equipamentos e soluções de carregamento de energia para Mobilidade Elétrica.

A Efacec desenvolve a sua atividade em mercados estratégicos, nomeadamente Europa (Ocidental e Leste), Estados Unidos da América, América Latina, Magrebe e África Austral.

29 Janeiro 2018|Transportes|